Sexta-feira, 05 de Junho de 2020

Buscar   OK
Política

Publicada em 05/08/19 às 20:33h - 231 visualizações
'INDICADO PARA EMBAIXADA TEM QUE SER FILHO DE ALGUÉM, POR QUE NÃO MEU?', DIZ BOLSONARO

ESTADÃO


O presidente Jair Bolsonaro e seu filho Eduardo Bolsonaro (PSL)  (Foto: Wilton Júnior/Estadão)

Em entrevista à jornalista Leda Nagle, no YouTube, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o indicado para ocupar o posto de embaixador do Brasil nos Estados Unidos, na Embaixada de Washington, "tem que ser filho de alguém, então por que não pode ser meu?". De acordo com o presidente, o deputado federal Eduardo Bolsonaro, seu filho, tem as credenciais necessárias para ocupar o cargo mais importante nas relações internacionais do Brasil com os EUA.

Bolsonaro afirmou que Eduardo já deseja "há algum tempo" morar nos Estados Unidos, mas que foi convencido por ele a ficar no Brasil para disputar as eleições. "Agora apareceu essa oportunidade dada a nossa proximidade com a família Trump. O embaixador é um cartão de visitas", disse o presidente.

O presidente também mencionou que Eduardo, neste momento, está nos Emirados Árabes Unidos tratando sobre questões diplomáticas e que tem vocação para a atividade. "Tem tudo para dar certo. Por exemplo, ele me contou que nós não temos um adido militar lá, nos Emirados Árabes. Já vou tratar desta questão aqui e, se houver interesse da nossa parte, mudamos isso", comentou.

Quebra de tradição

A possível indicação de Eduardo Bolsonaro, deputado federal e filho do presidente Jair Bolsonaro, como embaixador do Brasil nos Estados Unidos pode quebrar uma tradição dentro do Itamaraty, desde a redemocratização, de ter na embaixada em Washington, sempre um diplomata de carreira.

Desde o governo de José Sarney, o primeiro após a ditadura militar, todos os ocupantes do cargo saíram do Instituto Rio Branco, o centro de formação de diplomatas do Itamaraty.

Nepotismo

A eventual indicação de Eduardo Bolsonaro para o cargo de embaixador do Brasil nos Estados Unidos levantou o debate sobre o nepotismo por parte de agentes públicos.

Bolsonaro já afirmou que a indicação de seu filho para a embaixada não configura nepotismo, uma vez que uma súmula vinculante do Supremo Tribunal Federal (STF) leva à jurisprudência de considerar nepotismo apenas nomeações de parentes para cargos administrativos, e não para cargos políticos, o que seria o caso do cargo de embaixador.

O ministro do STF Marco Aurélio Mello, no entanto, afirmou que a eventual indicação é um “péssimo exemplo” e que pode ser enquadrado como nepotismo.

ESTADÃO




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:





(83) 99310-3224

No Ar
ENCONTRO NORDESTINO com Beto de Mãe Santa
Peça sua Música

  • severo
    Cidade: rio de Janeiro
    Música: de Eduardo Costa
  • Lucia
    Cidade: Capim
    Música: Marcas da Kelly Gleyk
  • alice fernandes
    Cidade: monteiro-pb
    Música: Lembro com cantor Brunno carvalho,,,,obrigada
  • karla reis
    Cidade: capim
    Música: barreiras-brunno carvalho
  • Ir Carla(ADMLC Colinas do Sul)
    Cidade: João Pessoa
    Música: Respirar , Samuel Mariano(
  • Suenia
    Cidade: BP-capim
    Música: Musica a mc duda,para todos que estão ouvindo o rádio capim fm. Um bom dia
Publicidade Lateral
Bate Papo

Digite seu NOME:


Estatísticas
Visitas: 74659 Usuários Online: 15


Parceiros

Copyright (c) 2020 - Rádio Capim FM - Todos os direitos reservados